» Ler maisArtesanum é o projeto social do Grupo Intercom

Eles também fazem 4 anos com a Artesanum e falam da sua experiência

Revista Artesanato e Estilo

 


Ricardo Ortiz

Fale da sua experiência com Artesanum nos últimos 4 anos.

Enfatizo:

1º Um trato de excelência e atualizado ao trabalho do criador de arte feita à mão.

2º Uma constante preocupação por melhorar a imagem e efetividade da página; 3º – O contacto permanente com o artesão por email. 4º Converteram-se numa entidade motivadora do nosso trabalho, mostrando, através de newsletters, que somos muitos em todo o mundo, os que “vivemos em todo o sentido”, disto que amamos.

O que nos pode adiantar das suas próximas peças no que respeita a design, estilo e inovação?

Continuo a trabalhar o cobre como matéria base, e este ano tenho um projeto que levará a minha arte a fazer parte de uma mostra de moda e vestuário experimental. Nesse sentido, consegui uma aliança com uma prestigiada universidade do Chile.

Uma reflexão sobre a transcendência do seu trabalho?

Sonhar, viver, amar, gostar, desfrutar. Em suma, viver daquilo que amo e com os que amo, e estar agradecido de que haja gente que gosta do meu trabalho.

 

Jorge Escobar Calderón

 

Fale da sua experiência com Artesanum nos últimos 4 anos.

Consegui, graças a Artesanum, que o meu trabalho fosse conhecido em outros países, como a Espanha e alguns países da América Latina. Hoje em dia, seguimos fazendo contactos.

O que nos pode adiantar das suas próximas peças no que respeita a design, estilo e inovação?

Estou a trabalhar novos tipos de barcos e figuras de proa. Do figurativo, estou passando a algo mais conceptual, e nas terminações, aplicando novas cores e novas pátinas em cobre e bronze

 Uma reflexão sobre a transcendência do seu trabalho?

Mais que a transcendência do nosso trabalho, gosto do que faço, porque muita gente desfruta com o facto de ter uma peça minha na sua casa. É uma transcendência espiritual.

 

Tácito Fernandes

 

Fale da sua experiência com Artesanum nos últimos 4 anos.

A minha experiência com a Artesanum tem sido muito positiva, tendo em vista a grande vitrine que temos à nossa disposição.

 O que nos pode adiantar das suas próximas peças no que respeita a design, estilo e inovação?

Meus novos trabalhos irão ter um foco maior na técnica de Raku, com forte influência da arte totêmica e de utilitários para produtos secos.

 Uma reflexão sobre a transcendência do seu trabalho?

Ao conhecer a cerâmica me encontrei a mim mesmo, e as minhas criações passaram a ser o meu diálogo com tudo e todos os que me cercam.

Comente este artigo